terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Gostas de ler ?


Filme produzido pelo Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Famalicão, apresentado no V Encontro das Bibliotecas Escolares no dia 7 de dezembro de 2012.

domingo, 9 de dezembro de 2012

Relatório -V Encontro ...

Como proceder para elaborar o relatório:

1 - Clicar em:  Relatório;
2 - Fazer a transferência do relatório, clicando em Download;
3 - Preenchê-lo e enviá-lo para o mail: cf@esccb.pt;
4 - Prazo limite de envio 7 de janeiro de 2013;
5 - Caso não consiga fazer a transferência do relatório, pode pedi-lo para o seguinte e-mail: bibliotecasdefamalicão@gmail.com.

Nascer e crescer leitor...

Nascer e Crescer Leitor
Maria Inês Amaro - Aluna da Didáxis , Cooperativa Riba  de Ave
Rui Gomes - Aluno da Faculdade de Engenharia da Universidade  do Porto
Anabela Pinto  -     Escritora
Moderação: Carla Araújo - Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco

Anabela Pinto autora dos livros Era uma Vez um Cervo e O Mundo Está a Ver procurou mostrar como a leitura chegou até ela e como permaneceu leitora ao longo da sua vida. Elucidou-nos acerca  do seu processo de escrita.
Rui Gomes provou a importância da leitura na sua vida de estudante e como os livros o vão transformando em aluno mais consistente e, ainda, como nasceu a sua vontade de ler, responsabilizando a mãe por esta opção.
Maria Inês Amaro apresentou o Pacto de Leitura que se segue:

A Biblioteca e as Redes Sociais - Pedro Príncipe

A Biblioteca e as Redes Sociais
Pedro Príncipe - Universidade do Minho
Moderação: Aurélia Azevedo - Professora Bibliotecária da EB2,3  de Ribeirão

Pedro Príncipe da Universidade do Minho falou-nos da biblioteca e as redes sociais.


Momento Cultural IV ... Filme do Grupo de trabalho

O Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Famalicão produziu o filme "Gostas de Ler" para projetar no V  Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares, no dia 7 de dezembro de 2012.

V Encontro em imagens

V Encontro de Bibliotecas Escolares 2012 on PhotoPeach

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Segurança na Internet e nas Redes Sociais - V Encontro...

As Redes Sociais e a Segurança na Web
Jorge Borges  - Rede de Bibliotecas Escolares
Moderação: António Pires - Professor Bibliotecário no AEPBS e CIBE

Jorge Borges falou-nos da era dos ecrãs, da missão da escola, dos novos saberes dos professores e do trabalho colaborativo e em rede. As redes sociais em Educação. O Facebook: oportunidades e riscos. Terminou com a pergunta: Como será a escola do futuro?


Momento Cultural III - V Encontro...

O grupo de teatro Andaime da Escola Secundária Camilo Castelo Branco dramatizou uma crónica de António Lobo Antunes.

O Cérebro em mudança na era da informação - V Encontro...

O Cérebro em Mudança na Era da Informação: Estudo sobre o Comportamento Leitor de Adolescentes  do Norte de Portugal
Teresa Silveira - Faculdade de Engenharia da Universidade  do Porto
Moderação: Alice Costa - Professora Bibliotecária na Didáxis, Cooperativa de Ensino em Riba de Ave

Teresa Silveira falou-nos sobre "O Cérebro em Mudança na Era da Informação: Estudo sobre o Comportamento Leitor de Adolescentes do Norte de Portugal".
Na sua investigação procurou perceber até que ponto os contextos tecnológicos têm impacto no desenvolvimento da "arquitetura cerebral" para a leitura, sobretudo do tipo contemplativa.

Segredo da Caixa - V Encontro...

O Segredo da Caixa fala-nos do desejo de um grupo de amigos que, a determinada altura, decidem imortalizar testemunhos de pessoas que pensaram e escreveram por nós. São várias as personagens que vão sendo reveladas ao longo de uma história que está agora a celebrar cem anos.
A caixa é a biblioteca, a história é a da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco de Vila Nova de Famalicão e o segredo dos labirintos da biblioteca será desvendado ao longo do espetáculo através do seu guardião, a personagem central que conhece melhor do que ninguém a biblioteca e as suas histórias.
Texto: Neusa Fangueiro; Encenação e música: Rui Alves Leitão; Interpretação: Neusa Fangueiro e Rodrigo Viterbo; Figurinos e cartaz: Tresé Deduraite; Cenografia e marionetas: envide nefelibata; Apoio à cenografia e marionetas: Clara Ribeiro; Apoio à manipulação: Filipa Mesquita; Produção: Rui Alves Leitão.
Coprodução Fértil, Associação Cultural e Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco.

Partilha de Boas Práticas - V Encontro...

Partilha  de Boas Práticas
Carla  Teixeira - Biblioteca Municipal Almeida Garrett
Moderação: Hilário Pereira - Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco

Carla Teixeira partilhou as boas práticas do Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares desenvolvidas pela Biblioteca Municipal Almeida Garrett.

V Encontro - Momento Cultural II

 
O segundo momento cultural contou com a participação dos alunos da EB2,3 Júlio Brandão e coordenação do professor Rui Mesquita.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Mesa redonda - V Encontro

Mesa Redonda -  Passado, Presente e Futuro: Os Desafios da Leitura Pública em Portugal
Maria José Moura,  Associação Portuguesa de Bibliotecários Arquivistas e Documentalistas
Fernanda Ribeiro - Universidade do Porto
Henrique Barreto Nunes - Antigo Diretor da Biblioteca Pública de Braga
Manuela Barreto Nunes - Universidade Portucalense
Moderação - Maria João Sampaio : Biblioteca Pública Municipal do Porto 

A mesa redonda Passado, Presente e Futuro: os Desafios da Leitura Pública em Portugal contou com a participação de Maria José Moura, em representação da Associação Portuguesa de Bibliotecários; Fernanda Ribeiro, Universidade do Porto; Henrique Barreto Nunes, antigo diretor da Biblioteca Pública de Braga; Fernanda Ribeiro, Universidade do Porto; Manuela Barreto Nunes, Universidade Portucalense; moderação de Maria João Sampaio, Biblioteca Pública Municipal do Porto.
Maria José Moura lembrou que estamos a atravessar um momento difícil, por isso temos que trabalhar em conjunto para ultrapassar as dificuldades que se avizinham. Afirmou, ainda, que as bibliotecas têm que acompanhar a evolução.
Henrique Barreto Nunes começou por dizer que as bibliotecas públicas garantem o acesso gratuito a todos e são um lugar de encontro de gerações.A biblioteca pública é a casa comum de toda a comunidade. Defendeu a necessidade da biblioteca pública ser a defensora/conservadora do fundo documental local.
A biblioteca pública garante o acesso à informação de uma forma democrática. E concluiu que uma sociedade que não cuida das suas bibliotecas é uma democracia sem abrigo.
Fernanda Ribeiro recordou a sua passagem pela Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, enquanto diretora. Fez uma retrospetiva das bibliotecas públicas em Portugal.
Lembrou que no futuro a biblioteca pública tem de repensar o seu papel. A leitura deverá ser pensada em moldes diferentes. Este modelo de BP já está em crise. Rematou dizendo que as BP são um serviço de informação.
Manuela Barreto Nunes falou das memórias boas que passou pela BM Camilo Castelo Branco, enquanto diretora. Alertou para o papel social das bibliotecas públicas: são espaços agradáveis, lugares de encontro, lugares inclusivos, são a sala da comunidade, uma praça pública e um lugar acolhedor. Um sítio onde nos podemos encontrar com amigos ou pessoas de outro género. E concluiu afirmando que as bibliotecas são meta-encontros, pois permitem um encontro futuro nas redes sociais.
A moderadora, Maria João Sampaio, para além de conduzir a conversa, fez uma resenha histórica das direções da BM Camilo Castelo Branco. 

Sessão de abertura - V Encontro

Sessão de Abertura
Paulo Cunha, Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão
Teresa Calçada, Rede de Bibliotecas Escolares
Vasco Freitas, Direção Regional de Educação do Norte
Cândida  Madureira, Centro de Formação de Associação de Escolas de V. N. de Famalicão

A sessão de abertura contou com a presença do vereador da cultura da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, da coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares, Teresa Calçada, de Vasco Freitas em representação da Direção Regional de Educação do Norte e Cândida Madureira do Centro de Formação de Associação de Escolas de Vila Nova de Famalicão.
O vereador da cultura declarou que o desenvolvimento só se consegue em parceria. Lembrou que a biblioteca escolar é o ponto do encontro.
A coordenadora da RBE afirmou que a biblioteca escolar é um serviço que possibilita mais e melhores leitores. Louvou o esforço conjunto da biblioteca municipal, centro de formação e bibliotecas escolares. Considerou imperioso o trabalho em rede, este é fundamental para servir melhor os nossos leitores. Terminou afirmando que somos todos perdidamente a favor da leitura.
Vasco Freitas realçou a necessidade que os jovens têm na procura da informação.
Finalmente, a diretora do centro de formação realçou a disponibilidade do centro de formação em colaborar com as bibliotecas escolares e enfatizou a importância que o projeto Interrogar a Ciência tem para a leitura.

V Encontro - Momento Cultural I

Foi assim que começou o V Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares. Os alunos da Didáxis, Cooperativa de Ensino de Riba de Ave encantaram a assistência com a sua intervenção musical.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

FEIRA DO LIVRO na Nuno Simões

Já começou a FEIRA DO LIVRO!
É na BE!

A equipa da Biblioteca Escolar convida todas as bibliotecas do concelho a visitarem a feira, que decorrerá até ao dia 5 de dezembro.

ESTE NATAL OFERECE LIVROS.
momentos de hoje...






Exposição Sistema solar





Decorreu até ontem uma exposição no átrio da escola e na BE sobre o Sistema Solar. Os trabalhos expostos foram elaborados pelos alunos do 7º ano, com a orientação da professora Sílvia Machado.

A BE aproveitou para pôr em destaque fundo documental relacionado com o tema.

SOL 
O Sol é muito quente,
E está no centro do nosso sistema solar. 
Todos os planetas giram à sua volta, 
sempre, sempre sem parar.


Mercúrio
É o planeta mais próximo do Sol,
por isso tem muito valor.
Se o desviassem daquela estrela
faziam-lhe um grande favor.

Vénus
Para além da Terra,
Vénus também tem atmosfera.
Mas numa coisa são todos iguais,
têm todos forma de esfera.

Terra
É o único planeta com vida,
onde todos nós vivemos.
Tem um satélite natural,
que todos nós conhecemos.

Marte
É o ultimo planeta rochoso,
Na mitologia romana
É considerado o deus da guerra.
Mas não se preocupem,
Ele não ferra!!

Júpiter
Este por sua vez,
é o maior de todos os planetas.
Devido a esta qualidade,
protege-nos dos cometas.

Saturno
É o menino bonito do nosso sistema solar,
Devido aos seus anéis cintilantes.
Todos os planetas têm inveja dele,
Pois também gostavam de ser brilhantes.

Úrano
Segue-se a saturno,
e é azul como o mar.
Tem temperaturas baixas,
 e é o penúltimo do sistema solar.

Neptuno
É o último planeta,
e deve-se cansar, 
pois sua órbita é muito grande,
mas nunca opta por desanimar.

Adriana Fernandes e Ana Dias do 7ºB.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

V Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares - 6 e 7 de dezembro


O  V Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares, dedicado ao tema “Biblioteca Pública e Bibliotecas Escolares: um SABE(R) em Construção", terá lugar no próximo dia 6 e 7 de dezembro na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco em Vila Nova de Famalicão. Esta iniciativa é uma organização conjunta da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Centro de Formação de Associação de Escolas de Vila Nova de Famalicão e do Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Famalicão.
O V Encontro fica associado às comemorações dos 100 anos da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, assim o dia 6 é dedicado à biblioteca pública e o dia 7 é mais ligado às bibliotecas escolares, contudo os assuntos tratados, ao longo dos dois dias, são comuns a ambas.
Este encontro destina-se a bibliotecários municipais, professores bibliotecários, equipa da biblioteca escolar e professores do ensino básico e secundário das escolas/agrupamentos.
O grande objetivo é partilhar boas práticas desenvolvidas nas diferentes bibliotecas municipais e escolares. O encontro permitirá ouvir, propor, dialogar, navegar por ideias… sonhos… 
O V Encontro foi acreditado pelo Conselho Científico (15 horas - 0,6 créditos) para todos os professores do ensino básico e ensino secundário.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Moita Flores na Biblioteca Municipal


Inserido na programação das comemorações do Centenário da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, realizar-se-à, no próximo dia 15 de novembro, pelas 21h., um encontro com escritor Francisco Moita Flores,  para apresentar o seu mais recente livro “O Bairro da Estrela Polar”, com a chancela da Casa das Letras.

"O Bairro da Estrela Polar"Diana nasceu no Bairro da Estrela Polar. Algures em Lisboa. Um daqueles bairros cercados por estradas com muito movimento, isolado da cidade, voltado sobre si, feito de gente que veio de todos os lados do mundo. No Estrela Polar, existe o café “Futuro de Portugal”, dirigido por Bazófias, carteirista reformado, burlão de grandes talentos. É aqui que se reúne a quadrilha agora encabeçada por Diana, líder conhecida como a “Robin dos Bosques”, que rouba aos ricos para dar aos pobres.
Comandados pela bela Diana, Tosta Mista, Zé Cigano, Francisquinho, Batman, Clara, Manela e Paulo monopolizam o tráfico de droga no bairro, deixando a polícia sempre desorientada, e organizam-no para que o crime seja actividade rentável para a crise.
Uma história dos nossos dias, que consegue cruzar a violência com o humor, a ternura e a união de personagens pícaras do submundo do Portugal do Século XXI.
"O Bairro da Estrela Polar" serviu de base ao argumento para a série televisiva "O Bairro", a estrear na TVI.

Sessão de autógrafos com o escritor
Entrada livre

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Poemas ditos - Dia Internacional da Biblioteca Escolar



Poemas ditos pelos alunos da Oficina de Leituras Encenadas com o objetivo de comemorar o Dia Internacional da Biblioteca Escolar, 22 de Outubro de 2012.


31 de outubro: Fórum "Livros e Leituras"



Decorreu na 4ª feira mais um encontro informal de alunos e professores sobre  leituras.
Conversou-se ao sabor do vento.
Alguém sugeriu um poema de Manuel António Pina, «Todas as palavras».
A conversa foi mesmo como as cerejas! De Pina a Camões, passando por outros lugares...

30 de outubro: Fórum "Livros e Leituras"


No mês dedicado às Bibliotecas Escolares era imperativo falarmos de livros e leituras!
Para enriquecer e colorir as leituras, convidámos o professor Vilaça, um professor de Português verdadeiramente transversal. Um excelente contador de histórias!

sábado, 20 de outubro de 2012

Doze livros de Camilo digitalizados


DOZE livros de Camilo Castelo Branco, digitalizados a partir de edições que pertencem ao espólio da Biblioteca Nacional, estão a partir de hoje disponíveis no site do Diário de Notícias.
Estas obras podem ser lidas, gratuitamente em qualquer computador pessoal que possua o programa Acrobat Reader (ou qualquer outro compatível com este formato) ou num tablet como, por exemplo, um iPad, utilizando para isso a aplicação iBooks. O formato de digitalização que escolhemos permite a pesquisa informática de palavras constantes no texto de Camilo mas apresenta ao leitor um facsimile de cada uma das páginas do original impresso. Esta solução contorna inevitáveis erros que o simples reconhecimento automático de caracteres iria provocar, garantindo-se assim a visualização correta da grafia da época e o aspeto geral da tipografia da obra. Este trabalho da Biblioteca Nacional para o Diário de Notícias associa-se à semana promovida no Centro Cultural de Belém em torno dos 150 anos do "Amor de Perdição"

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Leitura digital - Daniel Cassany



Conferência de Daniel Cassany no VII Encontro de Bibliotecas CRA, que se realizou a 31 de agosto em Santiago do Chile, intitulada «A leitura digital».

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

As condições de acesso e o prazo para a candidatura da Pós-graduação em Animação de Biblioteca foram alteradas.
Tendo em conta as dificuldades do contexto económico atual e o impacto que o mesmo tem tido sobre o rendimento das famílias, atendendo aos apelos formulados por variadíssimas profissionais, e consciente que a formação avançada não pode estar sujeita aos condicionalismos das conjunturas, decidiu a Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti proceder a uma redução substancial da propina mensal da Pós-graduação em Animação de Bibliotecas que decorrerá na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão. Assim, a propina mensal será reduzida em € 50, situando-se agora em € 150 mensais. Em consequência, foi também alargado o prazo limite de candidatura para o dia 10 de outubro.
 

Na próxima sexta-feira, dia 5 de outubro, arrancam em Vila Nova de Famalicão as comemorações do centenário da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco.  Ao longo de um ano, até 5 de outubro de 2013, a Biblioteca celebra 100 anos de existência com um programa cultural repleto de atividades. O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Armindo Costa, abre as comemorações numa cerimónia que inicia pelas 10h30. Segue-se a inauguração da exposição documental “100 anos: a História de uma Biblioteca”. E a estreia do espetáculo “O Segredo da Caixa”, pela Fértil - Associação Cultural. Refira-se que a Biblioteca Municipal foi inaugurada a 5 de outubro de 1913, pelo Senador Sousa Fernandes, aliando-se as comemorações ao terceiro ano da implantação da República, num gesto simbólico que ligava a cultura à revolução.
 
A Biblioteca recebeu o nome de um dos maiores vultos da literatura nacional, Camilo Castelo Branco, que escreveu em Famalicão algumas das suas maiores obras.  A Biblioteca abriu as portas com um acervo documental de dois mil quatrocentos e trinta e nove volumes, na sua maioria obras literárias, distinguindo-se a “Geração de 70”.
 
Um dos momentos marcantes da história da Biblioteca Municipal aconteceu 1 de junho de 1992 com a inauguração do novo edifício, associando-se às comemorações do aniversário da morte do seu patrono Camilo Castelo Branco e ao Dia Mundial da Criança.
 
As novas instalações da autoria do arquiteto João Marta, ocupa uma área de 2400m2, e está situada no Parque de Sinçães. Outro facto histórico foi a inauguração da Biblioteca Eduardo Prado Coelho, em março de 2008, que resultou da doação do escritor e ensaísta do seu espólio bibliográfico.
De acordo com Armindo Costa “o percurso desta instituição nem sempre foi fácil, esbarrando por diversas vezes nas contradições de regimes políticos adversos, como foi o caso do Estado Novo.” E acrescenta:  “A sobrevivência da Biblioteca Municipal deveu-se essencialmente à persistência, à dedicação e ao empenho de várias personalidades famalicenses que asseguraram sempre a sua continuidade.”

“A partir de 5 de outubro de 2012, iniciamos o programa comemorativo do centenário da Biblioteca Municipal, com um ano inteiro de iniciativas culturais de relevo, onde vamos homenagear todos aqueles que contribuíram para o crescimento desta casa”, assinala ainda o autarca.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Pós graduação em Animação de Bibliotecas

A Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti e o Município de Vila Nova de Famalicão estabeleceram uma parceria que tem por objetivo a co-promoção de uma Pós graduação em Animação de Bibliotecas a realizar em Vila Nova de Famalicão, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco.
As candidaturas poderão efetuar-se, presencialmente, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco e na Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti, ou online (ver link), entre os dias 17 e 30 de setembro.

Ver brochura aqui

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Banco de Livros Escolares de Vila Nova de Famalicão




A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai criar um Banco de Livros Escolares para alunos dos 2.º e 3.º ciclos e do ensino secundário do concelho. A proposta foi apresentada esta quarta-feira, em reunião do executivo municipal pelo vice-presidente da autarquia, Paulo Cunha, tendo sido aprovada por unanimidade. “Os benefícios sociais, ambientais e económicos desta iniciativa são inegáveis, por isso o município de Famalicão, através da Rede Municipal de Leitura Pública, lança este projeto que pretende envolver e sensibilizar toda a comunidade escolar, nomeadamente os alunos, os encarregados de educação e os professores, para a necessidade de reutilização dos manuais escolares usados, para a sua correta utilização durante o período de «posse» e, consequentemente, para as boas práticas em matéria de responsabilidade social e ambiental”, afirma Paulo Cunha.
De resto, os principais objetivos são desenvolver o sentido de partilha e solidariedade social, promover a reutilização dos manuais escolares e o respeito pelo livro, diminuir os custos de aquisição de manuais escolares e promover a educação ambiental.
De acordo com o regulamento, a Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco ficará responsável pela constituição e gestão do banco de manuais escolares entregues pela população. Refira-se que a Câmara Municipal, numa atitude pioneira, oferece gratuitamente os manuais escolares aos alunos do 1.º ciclo. A medida de largo alcance social dura já desde 2002, altura em que Armindo Costa, da coligação PSD/CDS-PP, assumiu os destinos da autarquia. A medida municipal abrange, atualmente, um total de 6 mil alunos do 1º Ciclo do ensino básico, num investimento na ordem dos 220 mil euros.

 

LIVROS DEVEM SER ENTREGUES ATÉ 13 DE JULHO
A cedência dos livros usados, do 5.º ano ao 12.º ano, deverá ser efetuada até 13 de julho, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco. A divulgação da listagem dos livros escolares disponíveis para empréstimo será publicada na página da internet da Biblioteca Municipal em http://www.bibliotecacamilocastelobranco.org/, até 23 de julho.
Os manuais entregues para cedências deverão estar em bom estado de conservação. O Banco de Livros Escolares reserva-se ao direito de poder reciclar os livros que se encontrem em avançado estado de degradação, assim como, ceder os livros desatualizados a instituições nacionais e estrangeiras.

terça-feira, 19 de junho de 2012

Concurso de ideias


No passado dia 14 de junho de 2012, o Júri do Concurso de Ideias para o Logótipo do Centenário da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, constituído pelos jurados Jorge Maia, Artur Sá da Costa e Carla Araújo, deliberou, por unanimidade, que a proposta vencedora do concurso, de acordo com os critérios de avaliação definidos pelas normas de participação, é a do concorrente Nuno Miguel Gomes Sá Carneiro residente no concelho de Vila Nova de Famalicão.

domingo, 3 de junho de 2012

Dia da Criança


Dia da Criança on PhotoPeach Algumas turmas de 5º ano comemoraram o Dia Mundial da Criança, na Biblioteca, assistindo à leitura dramatizada do poema “Casamento da Franga” de Jaime Cortesão, encenada pelos alunos do curso Animador Sociocultural da Escola Padre Benjamim Salgado. Pudemos, também, ouvir a música "Anda comigo ver os aviões" dos "Azeitonas" e cantar músicas populares acompanhadas à guitarra e concertina. Foi um Dia da Criança cultural e muito divertido, que continuou durante a tarde com uma Oficina de Poesia subordinada ao tema da Infância, na qual os alunos despertaram toda a sua criatividade.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Feira do Livro de 17 a 25 de Maio



A Editora 7Dias 6Noites, com o apoio do Município de Vila Nova de Famalicão, realizará no período de 17 a 25 de maio uma Feira do Livro, na Praceta Cupertino de Miranda, em pleno centro da cidade de Famalicão.
A Feira do Livro, que representará as mais importantes chancelas do panorama editorial nacional, disponibilizará títulos variados de literatura, romances, poesia e ficção, com descontos entre os 20 e os 50%.
O evento contará ainda com um vasto programa de animação cultural que se concretizará através de vários encontros com escritores que conversarão tanto com o público adulto como com o público infantil, nomeadamente os escritores Ivo Machado, Anabela Mimoso, Sónia Borges, Regina Gouveia, Adelaide Moreira e Vergílio Alberto Vieira.
Para que a Feira do Livro possa atingir o maior número de público possível, o seu horário de funcionamento será de segunda a quinta feira, das 10h00 às 22h00 e às sextas, sábados e domingo, das 10h00 às 23h00

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho


O Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores e patrocinado pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão distinguiu, este ano, o escritor João Barrento.
A entrega do prémio será realizada, no próximo dia 4 de maio, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco. No mesmo dia realizar-se-á o Colóquio de homenagem a Eduardo Prado Coelho intitulado “Os Universos de Eduardo Prado Coelho”.
Programa14h30| Entrega do Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho,
- Arquiteto Armindo Costa, Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão,
- Prof. Doutor José Manuel Mendes, Presidente da Associação Portuguesa de Escritores,
- Prof. Doutor José Carlos Seabra Pereira, Porta-voz do Júri,
- Prof. Doutor João Barrento, Premiado com a obra “O Mundo está cheio de Deuses – crise e crítica do contemporâneo”, edição da Assírio & Alvim

16h.00| Colóquio “Os Universos de Eduardo Prado Coelho”
- Prof. Doutor Sérgio Sousa, Coordenador Científico e moderador,
- Prof.ª Doutora Maria João Reynaud, Universidade do Porto, “Eduardo Prado Coelho: uma voz vinda de perto”.
- Prof.ª Doutora Ana Lúcia Curado, Universidade do Minho, (comunicação a indicar)
- Prof. Doutor João Amadeu, da Universidade Católica, “Um olhar de Eduardo Prado Coelho sobre a poesia de Herberto Helder”.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Inauguração do C. E. Luís de camões


O dia 25 de abril foi vivido de forma especial no Centro Escolar Luís de Camões. Aproveitando as comemorações do Dia da Liberdade, o Sr. Presidente da Câmara inaugurou estas novas instalações, em funcionamento desde o início do ano letivo.
Professores e alunos trabalharam em conjunto, prepararando várias atividades para mostrar um pouco do trabalho que por aqui se vai fazendo.
video
A Nossa Biblioteca promoveu, em colaboração com as professoras titulares do 2.º ano, um momento de leitura. Juntando a comemoração do 25 de abril e a importância da leitura para a nossa formação de cidadãos livres, foi feito um resumo/adaptação da obra de Manuel António Pina “O Tesouro”, que, lido por seis alunos, lançou um apelo à leitura. 

quinta-feira, 26 de abril de 2012

BE A Casa de Camilo tem ideias com mérito


A biblioteca escolar A Casa de Camilo viu o seu projeto  Ciência em Linha ser selecionado no concurso Candidatura Ideias com Mérito 2012 promovida pela Rede de Bibliotecas Escolares (RBE).
O Programa Rede de Bibliotecas Escolares tem apoiado projetos com o objetivo de incentivar o trabalho das bibliotecas escolares. Este projeto foi lançado, em 2005, a Candidatura Ideias com Mérito, que visa selecionar e apoiar as experiências mais consistentes e divulgar as boas práticas daí resultantes, que evidenciam uma apropriação dos recursos disponíveis na biblioteca pela comunidade educativa, favorecendo práticas cada vez mais centradas no uso da informação e no conhecimento.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Feira do Livro Usado


Com a colaboração da Livraria Fontenova

Aproveitando a comemoração do Dia Mundial do Livro, que se assinala a 23 de abril, a Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco organiza uma Feira do Livro de Saldo.
A Feira irá disponibilizar  livros dos mais diversos géneros e correntes literárias, a preços aliciantes, procurando satisfazer todos os gostos e idades.
Assim, de 16 a 28 de abril, vai ser possível comprar livros de referência a preços de saldo, desde 1,5 euros. A Feira do Livro é uma das iniciativas promovidas no âmbito da “Maratona da Biblioteca” e tem a colaboração da Livraria Fontenova.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Criação do logótipo


A Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco comemorará, em outubro de 2013 os seus 100 anos de existência.Para assinalar esta importante efeméride, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão está a organizar um programa de comemorações com diversas propostas de atividades culturais e educativas que iniciará em outubro do presente ano.

Para identificar este importante acontecimento da história do nosso concelho, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão lança um concurso de ideias para a criação do logótipo capaz de caracterizar e identificar o Centenário da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco.As normas de participação encontram-se disponíveis no sítio web da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco e do Município de Vila Nova de Famalicão, terminando o prazo para a entrega dos trabalhos no próximo dia 31 de maio de 2012.
Ver normas de participação do concurso aquiFicha de inscrição - download aqui

Vamos falar de FUTURO (?!).

quinta-feira, 29 de março de 2012

BIBLIOTECA MUNICIPAL CAMILO CASTELO BRANCO

O IX Concurso de Poemas Ilustrados que teve este ano, como mote, os poemas do escritor João Manuel Ribeiro, já tem os seus vencedores.



















São eles:

4º ano – 1º prémio – João Pedro Ferreira Azevedo – EB1 de Loureiro – Delães

4º ano – 2º prémio – Rui Manuel Pereira Machado – EB1 Vale S. Martinho

4º ano – 3º prémio – Bruna Alexandra C. Teixeira – EB1 Carvalho - Brufe


5º ano – 1º prémio – Beatriz Machado Dias da Silva – EB2,3 Júlio Brandão

5º ano – 2º prémio – Bárbara filipa Martins – EBI de Pedome

5º ano – 3º prémio – Beatriz Ferreira Pereira – EB2,3 Júlio Brandão


6º ano – 1º prémio – Marta Sofia Maia Henriques – EB2,3 Dr. Nuno Simões
(como os trabalhos deste ano, dos alunos do 6º ano, não reuniram os requisitos pretendidos e necessários para o Concurso, só foi selecionado um vencedor)


A cerimónia de entrega dos prémios será no dia 23 de abril, pelas 14h.30, no auditório da Biblioteca Municipal.
A exposição está patente na sala infantojuvenil da Biblioteca Municipal até ao dia 24 de abril de 2012.

quinta-feira, 15 de março de 2012